sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Um Corpo Nu

Um corpo nu, lácteo e sem defeito,
Delicado, escultural e feminino,
Imóvel, nu, sobre o seu peito,
É de uma pureza, algo divino.
**
Um corpo nu, não carece de retoques,
É lindo de se ver...é um encanto,
Um clarão, uma chuva de choques,
Ah...como ele brilha tanto, tanto.
**
Um corpo nu, nossos olhos incendeia,
É fogo farto... nas veias, inflama,
Tem a delicadeza da seda de uma teia,
Seja homem...ou seja dama.
**
São mãos, seios e pernas,
Curvas sequiosas por malícias,
Que os olhos parecem lanternas,
Perante tamanhas delícias. 
**
Cristina Ivens Duarte-18/08/2017

Sem comentários: