sexta-feira, 29 de julho de 2016

O silêncio

O silêncio que invade e acalma...
as orlas dos nossos pensamentos
apaga o ardor da nossa alma...
e nos enche de deslumbramentos.

Empurra-nos para além fronteiras...
abre caminhos, sem portas nem tectos
sonhos, de mil e uma maneiras...
doces, com vastos sabores predilectos.

A menina dos nossos olhos...
rodopia, rodopia de alegria
com o vestido cheio de folhos
de bailarina fantasia...fantasia.

Em pontas, nos seus formosos pés...
alcança o céu tocando nas estrelas
num silêncio bordado e cheio de godés
torna as manhãs, mais frescas e amenas.

O silêncio preenche a paisagem de encanto
aromatizando o ar com cheiro a  alfazema
escondida está a flor no verde manto...
esperando que o tempo lhe faça um poema.

Cristina Maria Afonso Ivens Duarte













Sem comentários: