sexta-feira, 22 de julho de 2016

Desculpem minhas estimadas...Visitas!

Desculpem minhas estimadas visitas!
pela forma como vos recebo...
têm de comer em marmitas
é o meu jeito de aconchego.

Aqui nesta minha casa...
não há vidro nem cristal
é o meu comer que arrasa
não é o prato que fica mal.

Não gosto de modernices...
mas sim de um bom tempero
não estou cá para pieguices
e o galheteiro nem vê-lo...

Sai directo da garrafa...
o azeite da minha oliveira
não tem nome, nem marca
mas dura uma vida inteira...

Guardanapos de pano...já era!
de outros tempos que já lá vão...
podem ficar à minha espera...
ou limpem a boca à vossa mão.

Aqui tudo é reciclado...
até mesmo vocês...
podem ir comer a outro lado
mas não se ponham com os porquês.

Quem se sente bem à nossa beira
não se importa com costumes...
come durante a semana inteira
batatas cozidas com legumes.

Desculpem qualquer coisinha
que eu tenha dito ou feito...
mas aqui na minha cozinha...
nada é roubado ou contrafeito.

Cristina Maria Afonso Ivens Duarte
22/07/2016




Sem comentários: