terça-feira, 31 de maio de 2016

Sentimentos

Oh! meu amor,
és a brisa do meu pensamento,
teu perfume de flor,
segredo do meu sentimento,
alivio da minha dor.
¨¨¨¨
És mézinha do meu tormento,
cada vez te sinto mais,
como é duro o meu penar,
de consequências tão fatais.
¨¨¨¨
Os destroços que existem em mim,
esta brisa de pensamentos,
este ardor que não tem fim,
queimou os nossos sentimentos.
¨¨¨¨
Deixou escrito no tempo,
quando éramos amantes,
tal não é o meu tormento,
que nada é como dantes.
¨¨¨¨
Percorri o universo,
com o peso dos meus sofrimentos,
este sentir tão diverso,
és a minha rosa dos ventos.
¨¨¨¨
Longa foi a caminhada,
só de te querer ver,
uma gigante cavalgada,
antes de o meu amor morrer.
¨¨¨¨
Cristina Maria Afonso Ivens Duarte

Sem comentários: