terça-feira, 8 de março de 2016

"Preta Mulher"

Porque choras minha preta
hoje não é um dia qualquer
é brilho de um cometa
é o dia da mulher.
Enterra a dor do passado
a sete chaves numa gaveta
hoje é um dia perfumado
para toda alma, branca ou preta.
Lembra-te que foi a mulher
que conquistou o paraíso
e nem por um minuto sequer
se esquece do teu sorriso.
És pássaro que levantou
e mostrou a sua bravura
contigo o tempo não aguentou
e se tornou em doçura.
Não chores minha preta
não te deixes alagar
chora apenas quando uma estrela
no céu deixar de brilhar.
Mas hoje não é esse dia
nem é um dia qualquer
transforma as lágrimas em alegria
é o teu dia, "Preta Mulher."

Cristina Ivens Duarte




Sem comentários: