terça-feira, 29 de março de 2016

Amor encarnado

Amo-te à velocidade do som,
 só para ir ter contigo, meu amado,
 desconhecia este meu dom, 
de tornar o nosso amor encarnado.

Espera por mim , tenho imensa dor,
 semeei papoílas para não me perder,
 sinto tanta saudade de ti, meu amor,
 que até as flores começam a correr.

Embriagada com a gravidade,
começo a sorrir sem parar,
sinto no corpo uma vontade,  
de pular e começar a voar.

 Mas tenho-te a ti ,
 no cume de um monte,
 à espera de mim,
 num pulo te encontro.

Cristina Ivens Duarte


Sem comentários: