domingo, 15 de novembro de 2015

A magia do abraço

Meu amor, quando te abraço,
acendem-se luzes que iluminam
os nossos corpos, provocando 
uma explosão de emoções.
O nosso abraço, provoca embaraço
fazemos um laço que nunca desfaço.
A nossa corrente é alternada
tu és o abraço, eu sou abraçada.
Somos dois foguetes abraçados,
que quando rebentados
libertamos amor aos bocados.
Foi assim que nos conhece-mos
no meio de um festival
dois foguetes apaixonados
que rebentaram no final.

Cristina Ivens Duarte







Sem comentários: